quarta-feira, 23 de outubro de 2013

2011, DORY BY ADEGA MÃE, LISBOA VINHO TINTO

Aspecto limpido, cor violeta, intensa, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas primários, frutos vermelhos, ameixa, cassis, mirtilhos, compotados, especiado
Sabor seco, acidez suave, taninos presentes, com estrutura, especiado e frutado, frutos compotados, corpo médio ( PAI 6/7), final persistente

Copo: Riedel Cabernet ou Schott Diva Bordéus

Iguarias: Naco de vitela com puré de batata e grelos salteados, arroz de pato, carne de porco à portuguesa

Bom vinho....Apreciem!!!

CRÓNICA VINHOS DE OUTONO- VINHOS DE OUTROS TEMPOS-


2011, CASAL SANTA MARIA "PINOT NOIR" COLARES, LISBOA

A região de Colares é para mim uma das mais fantásticas de Portugal.
A paisagem, o clima, as pessoas, fazem desta região algo único.

Tive o prazer de provar mais um Colares. Não da casta típica tinta, mas um Pinot Noir. Posso descrevê-la como primo da Ramisco, pois as suas características são em muitos pontos idênticas.
Ambas são temperamentais, com "mau feitio", elegantes por vezes e intensas noutras. E acima de tudo, precisam de tempo. Tempo para se conseguir saborear um néctar de Baco.

Aspecto límpido, cor vermelha, aberta, sem muita matéria corante.
Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas primários evidentes, frutos vermelhos, amoras, cassis, mirtilhos, notas especiadas, toque de pimenta, tosta da madeira bem integrada, sem estar por cima dos aromas do vinho. No ponto certo. Notas da região, ligeiro salgado, muito ténue, mas presente.Nota de fumado também a aparecer.

Sabor seco, acidez, álcool, frutado, especiado, toque salgado, taninos presentes, não muito agressivos, com estrutura, encorpado e final persistente e apetecível.

Copo: Riedel Syrah/ touriga Nacional

Iguarias: Risotto de cogumelos, bacalhau assado no forno com batata a murro e esparregado, bife pimenta com batata doce frita

Ou apenas sozinho, para um boa conversa entre amigos....
Tem potencial para envelhecer muito bem.

Obrigado pela partilha, amigos!
 

2009, SIZA by Adega Mayor, alentejo Vinho tinto

Aspecto límpido, matéria corante intensa, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas frutados, frutos pretos, amoras, ginjas, mirtilhos, notas especiadas bem evidentes, pimenta preta, tosta da madeira suave
Sabor seco, acidez suave, álcool, taninos intensos, presentes com estrutura, especiado,encorpado, final.

Copo: Riedel Touriga Nacional/syrah ou Schott Diva

Iguarias: Perna de javali com cogumelos  e arroz no forno; feijoada de lebre

Mais um dos grandes vinhos...desta fantástica adega.

 

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

2010, MAÕS "TINTA RORIZ", DOURO VINHO TINTO

Provado em Setembro2013

aspecto límpido, cor vermelha, granada, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas primários, frutos vermelhos presentes, cassis, amora, framboesa, notas especiadas, madeira a marcar a sua posição, enriquecendo o conjunto.

Sabor seco, acidez suave, taninos presentes, intensos, álcool presente, frutado e especiado, madeira a notar-se, encorpado, final longo e envolvente.

Copo: Riedel Tempranillo ou Schott Diva Cabernet

Iguarias: Naco de vitela grelhado com molho pimenta, com arroz de fumeiro, jardineira, cabrito assado no forno com batata à padeiro, Arroz de Pato à moda de Braga.

Pode beber!! se puder guarde 3 a 5 anos.
 

2006, AMALIA GARCIA BY FRANCISCO NUNES GARCIA , ALENTEJO VINHO TINTO

Provado em Setembro2013
Aspecto ligeiramente opaco, cor vermelha com nuances acastanhadas, lágrima presente

Aroma limpo, evoluído, com intensidade
Aromas frutados, frutos pretos, amora e ginja, com toque compotado, notas especiadas suaves, cacau bem presente ( fruta muito madura, provavelmente)

Sabor seco, acidez suave, álcool presente, taninos presentes, elegantes, especiado e fruta muito madura, volumoso e encorpado. Final longo e apetecível ( guloso, até!!!)

Copo: Riedel Syrah ou Schott Diva Bordéus

Iguarias: Perdiz à Moda do Convento de Alcântara, Feijoada de lebre, Bife Wellington com batata doce frita

Grande vinho!!! Obrigado Francisco Nunes Garcia e família pela partilha!
Uma palavra ao grande Enólogo João Melícias!


 

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

http://www.bomgourmet.pt/

Bom Gourmet é um site para amantes da gastronomia.

Reúne um leque de vinhos, produtos portugueses de inigualável qualidade.

Passem por lá e vejam a qualidade.


"No Mercado Bom Gourmet encontra o melhor de Portugal: Produtos Gourmet portugueses selecionados por especialistas e premiados pelo mundo fora" in Mercado Bomgourmet 2013


Aproveitem.
Eu dou uma ajuda nos vinhos.

Boa degustação!!!!
 

1969, Blandy´s Vinho da Madeira "Bual", Vinho Generoso

O vinho da Madeira é sem dúvida um dos grandes néctares de Baco, que podemos degustar..."beber".

Aspecto límpido, cor âmbar, lágrima presente
Aroma limpo, evoluído, e intenso

Aromas de evolução, notas cítrica suaves, toque de mel, caramelo, Brown sugar, suave salgado a evidenciar-se, mas muito suavemente. Intenso, madeira bem integrada, dando-lhe notas especiadas e torradas...

Sabor doce, acidez presente, dando vivacidade e frescura, aliada ao ligeiro toque salgado, álcool, frutos secos, melado, mel, caramelo, encorpado e final guloso....

Grande  Madeira!!!

Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Bordeús
Um vinho destes é um crime ser degustado num copo de prova!!!

Iguarias: Sozinho é o ideal. Mas se quiser, prove com queijos de pasta dura, blue cheeses.

Seja egoísta!!! Com este tipo de vinho, pode e deve!!!

2012, XAIREL VINHO BRANCO BY ADEGA COOP.CARTAXO

Aspecto límpido, cor amarela esverdeda. lágrima suave

Aroma limpo, suave
Aromas frutados, frutos de árvore, pessêgo, notas citrinas a evidenciar-se, lima, toranja, mais notórias depois de oxigenar; fruta citrina
Sabor seco, acidez presente, álcool suave, frutado, citrino, corpo médio e final refrescante.

Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Sauvignon

Iguarias: Ideal para aperitivo nesta altura do ano ( Outubro), ideal para camarão cozido, petiscos portugueses de confecção média.
Bom vinho de uma terra que me diz muito, Cartaxo.
Ideal para se beber com amigos ao final do dia num dia soalheiro de Outono....

Preço\ qualidade excelente: abaixo dos 2,5 euros

2012, AVENTURA BY SUSANA ESTEBAN, ALENTEJO VINHO TINTO

Aspecto límpido, cor violeta, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas a frutos vermelhos, compotados, cassis, ameixas, amoras; notas florais, violetas bem presentes, dando um toque especiado suave

Sabor seco, acidez suave, álcool médio, taninos presentes, elegantes, frutado e ligeiro especiado, corpo médio ( PAI 7-8), final apetecível e intenso

Copo: Riedel Syrah ou Schott Syrah

Iguarias: Bife grelhado com molho de mostarda com batata gratã, arroz de pato, bife welligton com batata doce frita aos cubos, Lombo de porco assado no forno com presunto, arroz de fumeiro

Bom vinho.
Precisa de um copo largo ou se possível oxigenar ( passar para o Decanter)

 

2010, H´Our, Vinho tinto Douro

Aspecto ligeiramente límpido, cor carregada, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas a frutos vermelhos, cassis, ameixa, mirtilhos, compotados, com notas florais a evidenciar-se ao oxigenar o copo ( agitar o copo suavemente)
Sensação de madeira bem integrada.

Sabor seco, acidez suave, álcool médio, taninos presentes, intensos, mas firmes, Frutado e ligeiro especiado, corpo médio e final persistente

Copo: Riedel Syrah ou Schott Bordeús

Iguarias: Bife do Lombo com cogumelos da época salteados e puré de batata, arroz de pato, entrecosto assado no forno com batata à padeiro

Bom vinho!!!
Obrigado Joana Pratas pela partilha, Gostei!!!

Vinho com identidade duriense, elegante e envolvente.
Agradável para degustar com os amigos num jantar ou para conversas pela noite dentro à lareira ou na varanda