segunda-feira, 16 de setembro de 2013

2011, MONTE CASCAS RESERVA, DOURO VINHO BRANCO

Aspecto limpido, cor amarela esverdeada, lágrima suave
Aroma limpo, jovem, intensidade média

Aromas primários, frutos citrinos, lima, toranja, suave maçã verde, notas minerais presentes, , com suave aroma floral.

Sabor seco, acidez presente, alcool suave, frutado, citrino e mineral, corpo médio e final persistente

Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Diva Bordeús

Iguarias: Robalo no pão com legumes salteados, bacalhau assada na brasa com açorda de pão alentejano e caldo de coentros, bacalhau à Conde da Guarda; Magret de pato com puré de batata trufada e cogumelos salteados


quinta-feira, 12 de setembro de 2013

2006, MURGANHEIRA BRUTO, VINHO ESPUMANTE

Aspecto limpido, cor amarela suave, lágrima pequena e rápida
Aromas limpo, jovem a evoluir, intenso
Aromas primários, frutos de arvore, maça verde, com notas de leveduras, cereais ligeiras

Sabor seco, mousse suave,, boa acidez, frutado, frutos citrinos, com notas de maçã a evidenciar-se, corpo médio e final agradável.

Iguarias: Lombo de Atum com sorbet de maçã verde e balsâmico, ostras ao natural, peixe assado no forno com batata assada e legumes cozidos

Copo: Riedel Flûte Ou Schott Diva Flûte


DOURO FILM HARVEST

nÃO PERCAM ESTE EVENTO!!!

Vídeo com clip promocional do Douro Film Harvest (para aceder basta descarregar este link):

Texto:
 O Douro Film Harvest é um evento que se diferencia por combinar cinema, gastronomia e música de uma forma única. Prima por apresentar algumas das melhores colheitas de filmes no cenário soberbo do Douro e do Porto, ambos Património da Humanidade, contribuindo para a divulgação e desenvolvimento de uma região com características únicas e com um enorme potencial. Em plena época das vindimas, o DFH leva «ao Douro alguns dos nomes mais conceituados da indústria cinematográfica, mediatizando o turismo nacional a nível internacional.

Em competição, estão vários filmes que se integram em diferentes secções: Wine Films; Food Films e as Curtas da Casa (rubrica dedicada a curta-metragens que se relacionem com o Rio Douro e realizadas por cineastas nacionais).
“A Year in Burgundy” (David Kennard); “The Wine of Summer” (Maria Matteoli), em estreia mundial, com Sônia Braga no elenco; “Red Obsession” (David Roach e Warwick Ross), com a participação de Russell Crowe; “SOMM” (Jason Wise) e “O Tesouro” são os filmes em competição na secção “Wine Films”. É a primeira vez que o DFH tem em competição um filme português nesta categoria. “O Tesouro” de Gonçalo Silva e de Marcantonio Del Carlo é um exemplar nacional do que pretende ser a competição “Wine Films”: uma homenagem do DFH à extraordinária ligação que se pode estabelecer entre o cinema e o vinho.

Teremos ainda um Harvest Talk, um momento de tertúlia, no dia 14 de Setembro, dedicado ao “Vinho na Dieta Mediterrânica”, que conta com a participação de Paula Prandini (realizadora de “Vinho de Chinelos”), Jonathan Nossiter, realizador de “Quo Vademus?” da série “Mondovino”. Pedro Graça, da Associação Portuguesa dos Nutricionistas, irá também expor os seus pontos de vista, numa conversa a ser moderada pelo jornalista Pedro Garcias.

2005, Quinta da Touriga Chã Puro, Douro Vinho tinto

Aspecto limpido, cor vermelha lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas primários, suaves, frutado, frutos do bosque, notas de evolução, especiadas, pimenta preta, notas ligeiras de couro, floral a evidenciar-se muito ligeiramente. Madeira bem presente.

Sabor seco, acidez, alcool, frutado e especiado, taninos presentes, com intensidade, encorpado, , com final longo e persistente.

Pode beber já; pode esperar mais 3 a 4 anos

Iguarias: NAco de carne grelhado com puré de batata  e cogumelos salteados, jardineira, feijoada de lebre com feijão branco

Copo: Riedel Syrah/Touriga ou Schott Diva Bordeús

Grande Vinho!!!