quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

2014, Encostas do Sobral Reserva, Tejo by Pedro Sereno vinho Branco

Aspecto limpido, cor amarela esverdeada, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intensidade média
Primeiro ataque aromas primários, notas de fruta fresca, toque mineral; notas de alguma fruta madura a evidenciar-se; Madeira bem integrada

Sabor seco, acidez média, alcool suave, ligeira adstringência provocada pela madeira, mas a enriquecer, corpo médio, final persistente.

Copo: Riedel Chardonnay ou Schott Diva Borgonha

Iguarias: Sável na Telha; Bacalhau à Zé do Pipo

Uma boa descoberta da região do Tejo; acima de tudo consistência neste produtor de Tomar.

Sem comentários: