segunda-feira, 12 de março de 2012

2009, Monte Cascas "Ramisco", Vinho tinto Região de Colares


Apesar de me considerar amigo dos "Cascas", sempre gostei da abordagem que têm para com os vinhos.
A ideia de começarem numa região adormecida, mostra a garra que apresentam e acima de tudo, querem mostar que esta região é algo de fenomenal.
Este "Ramisco", de difícil nascimento é o espelho de uma região, que outrora, vingava nas mesas nos enofilos e agora não passa de um mero vinho de "Outros Tempos"...
Mas o Hélder e o Frederico querem demonstrar que é uma região cheia de riqueza, com um "Terroir" único.
Como uma marca de Cafés diz: "Um dia vou...mostrar que Colares está vivo. Hoje é o dia."
Eu apoio. Aproveitem para conhecer a região através do vinho. E para entenderem o vinho de Colares, devem visitar as vinhas..
Obrigado "Cascas" pela oportunidade de provar este vinho.

Aspecto límpido, cor granada, suave,com pouca intensidade, lágrima pouco presente.
Aroma limpo, jovem, intensidade média
Aroma frutado, frutos do bosque, cassis, amoras,  notas especiadas, pimenta; notas de terra, a lembrar terra húmida, cogumelos, transmitindo a identidade aromática deste vinho; madeira presente a enriquecer, com notas ligeiras de fumado.

Sabor seco, acidez suave, álcool pouco presente, taninos presentes, sumarentos, bom flavour, encorpado e final persistente e apetecível.

Iguarias: Risotto de cogumelos, Carnes grelhadas com puré de batata com trufas;
Copo: Riedel Pinot Noir ou Schott Diva Borgonha

Temperatura de serviço: 16/18ºC

Pode beber, mas deve guardar….

Sem comentários: