quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

2008, Crios "Bonarda&Syrah", Argentina

Aspecto limpido, cor granada, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intensidade suave
Aromas frutados, frutos vermelhos, não muito maduros, morango, ameixa, groselha, toque floral suave, nuances ligeiras a lembrar vegetal. Madeira integrada, com toque especiado.

Sabor seco, acidez, alcool, frutado, taninos irreverentes, bem intensos, bom corpo, com final longo.
Precisa de respirar um pouco. Deve ser oxigenado para um decanter.

Copo: Riedel Syrah ou Schott Bordeús

Iguarias: Carnes vermelhas com legumes variados, pimento, tomate, cenoura, alho francês assados no forno,
Carnes de caça estufados, feijoada de lebre.

Bom vinho argentino.


Sem comentários: