sábado, 16 de outubro de 2010

2005, Torre do Frade, Alentejo

Das castas tradicionais do Alentejo, chega-nos este vinho tinto, cheio de carácter e intensidade.

Aspecto limpido, cor vemelha intensa
Aroma limpo, desenvolvido, com intensidade; fruta vermelha e bosque compotada, cassis, framboea, figo e ginja com a madeira ainda muito presente e a demonstar que precisa de tempo.
Sabor seco, encorpado, acidez suave, frutado com especiarias a notarem-se, sendo a madeira ainda presente; taninos presentes e sumarentos. Intenso com final persistente e guloso.

Copo: riedel Cab Sauvignon
Iguarias: pratos de caça, carnes vermelhas condimentadas

Precisa de ser oxigenado, pois ainda está com muita presença de madeira.

Excelente Vinho do Alentejo com longevidade.

Sem comentários: