sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

MONTE CASCAS RESERVA 2008 "FERNÃO PIRES", TEJO


O meu amigo e produtor Helder Cunha, disponibilizou uma garrafa do seu novo vinho branco para que pudesse provar e colocar numa nota de prova.
Ficou muito surpreso com a casta Fernão Pires. Que estrutura de vinho, que intensidade que não faz lembrar o Fernão Pires, mas talvez um Riesling
Cor amarela, devido provavelmente ao estágio em madeira;aromas intensos, jovens, flores, frutos maduros, alguma casca de tangerina, toque de petroleo
Sabor seco, acidulo, floral e toque mineral, cativante , encorpado, final guloso e envolvente
Mais um grande vinhos da empresa, bem como, do Tejo.
Deguste num copo largo.

Sem comentários: