segunda-feira, 28 de agosto de 2017

2010, Jardins de Baylone Sec, Didier Dagueneau, Juraçon, França

Castas: Camaret, lauzé, petit et gros manseng, courbu.

Para mim este é um dos grades vinhos franceses. Elegância, Intensidade, equilibrio e frescura.

Aspecto limpido, cor amarela intensa
Aromas a frutos citrinos ligeiros, mineral bem presente, a sentir-se a frescura; frutos de arvore a evidenciar-se à medida que a temperatura sobe; suaves notas especiadas ... (e algo a fazer lembrar massa folhada tostada, possivelmente da madeira e battonâge)

Sabor seco, acidez muito presente, mineral, frescura, notas de evolução evidentes, mais intenso, encorpado e final longo...


Grande Vinho


Copo: Riedel Chardonnau Sommelier; Schott Diva; Zalto Chardonnay

Iguarias: Sozinho apenas....Bacalhau no forno; rabo de boi recheado com foie; queijos azuis com compota de frutos de árvore;


Sem comentários: