sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

2009, PRINCIPAL RESERVA, BAIRRADA by Carlos Lucas

aspecto límpido, cor Granada, densa, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas frutados, frutos pretos, ameixas, amoras, mirtilhos, computados, com notas espaçadas, pimenta preta, madeira presente a enriquecer.

Sabor seco, acidez, álcool, tanino presentes, irreverentes, intensos e sumarentos, volumoso, encorpado e final longo

Copo: Riedel Sarah ou Scott Diva

Iguarias: Bife na pedra com batata doce frita e grelos salteados; estufado de Coelho com batata a murro e cenouras grelhadas; lombinho de porco com terrina de porco com pezinhos, bolo de batata com queijo e legumes salteados.

 

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

2010, QUINTA DAS CARRAFOUCHAS, LISBOA VNHO TINTO

Aspecto límpido, cor rubi, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas primários, frutos vermelhos evidentes, mirtilhos, ameixas, amoras, toque floral, violeta ligeira, madeira bem integrada; nuances de cacau a aparecer.

Sabor seco, acidez presente, álcool, taninos presentes, um pouco irreverentes, mas não agressivos, frutado e especiado, cacau a evidenciar-se, bom corpo e final longo e apetecível.

Ainda jovem... se pretender beber já passe primeiro para o decanter para que possa oxigenar...

Copo: Riedel Syrah ou Schott Diva Cabernet

Iguarias: Magret de pato com puré de amêndoa e frutos vermelhos; Entrecosto assado no forno com ervas e migas com cogumelos; bife à portuguesa; frango fricassé

Bom vinho Antonio Maria!! A precisar de tempo..

2011, VAZ DE CARVALHO, DOURO DOC VINHO TINTO

aspecto límpido, cor granada, lágrima presente,
Aroma limpo, jovem, intensidade mediana
Aromas primários, frutado, frutos vermelhos, cassis, ameixa, morango, floral ligeiro a evidenciar-se, associado à madeira, com toque especiado. (Madeira presente mas sem estar por cima dos aromas frutados.)

Sabor seco, acidez, álcool, taninos presentes, frutado e especiado, corpo médio e final persistente.

Iguarias: Lombo de porco assado no forno com arroz malandrinho de tomate com legumes cozidos; lasanha de carne; empadão de carne de vitela com enchidos; bife à portuguesa

Copo: Riedel Syrah ou Schott Diva Bordéus

Bom vinho!

2005, AALTO PS. Ribera Del Duero, Espanha

Aspecto límpido, cor violeta, lágrima presente

Aroma limpo, ainda jovem, intenso
Aromas frutados, frutos vermelhos, compotados, cassis, ameixa, amoras, notas especiadas, pimenta preta, madeira presente, a enriquecer (e a tentar sobressair à fruta, dando um aroma intenso).

Sabor seco, acidez, álcool, taninos presentes, sumarentos, notas especiadas, frutado ligeiro, encorpado e final longo...

Copo; Riedel Syrah ou Schott Diva Bordéus

Iguarias: Peito de pato com puré de batata e frutos secos com legumes; T-boné temperado com especiarias, mal passado com arroz cremoso de legumes; cabidela com peito de pintada recheada com nozes; perna de perú assada no forno com batata a padeiro.

Grande Vinho!!!
Obrigado Vitinho pela Partilha!

2012, VAZ DE CARVALHO, DOURO VINHO BRANCO

Garrafa nº 4438
Quinta do Licôr
Malvasia Fina e Rabigato

Aspecto límpido, cor amarela esverdeada, lágrima presente,

Aroma limpo, jovem, , intensidade mediana
Aromas primários, frutado, citrinos, toranja, ligeiras notas florais, agradável, (dando uma sensação dos aromas herbários do campo)

Sabor seco, acidez presente, álcool, frutado, citrino bem presente, corpo médio e final fresco e persistente.

Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Diva Branco

Iguarias: Bacalhau assado na brasa com batata a murro, polvo grelhado com legumes salteados em azeite aromatizado com manjericão, peito de frango grelhado com molho de ervas e puré de batata, empadão de carne,

Boa surpresa do Douro
 

2012. Terras de S.Miguel, Dão Vinho tinto

Aspecto límpido, cor granada, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, frutado, frutos vermelhos, cassis, mirtilhos, ameixas, com notas especiadas a lembrar bosque, sama, suave nota floral
Sabor seco, acidez, álcool suave, taninos presentes, mas elegantes, especiado, bom corpo e final longo

Copo: riedel Cabernet ou Schott Diva Bordéus

Iguarias: Frango estufado com arroz de legumes, jardineira, lombo de porco recheado com ameixas com batata à padeiro e legumes da época cozidos.

Bom vinho!! Fácil de degustar, ideal para refeições entre amigos ou parceiro para uma conversa pela noite dentro...

Ainda marcado pela juventude...se puder, passe para um Decanter para oxigenar. Ou sirva num copo mais aberto.

 

domingo, 23 de fevereiro de 2014

2011, QUINTA DA VEDEJOSA, DOURO

Aspecto límpido, cor granada, lágrima presente.
aroma limpo, jovem, intenso, frutos vermelhos, cassis, mirtilhos, ameixas, compotados,
Notas florais, com toque especiado.

Sabor seco, acidez, álcool suave, tanino presentes, mas elegantes, frutado e espectador, corpo médio e final longo

Iguarias: Carnes vermelhas com puré de batata, bife grelhado com batata doce frita e legumes cozidos, entrecosto assado no forno com migas de grelos

Copo: Riedel Sarah ou Scott Diva Bordéus

 

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

2003, PINTAS, Douro Vinho tinto

aspecto límpido, cor granada, lágrima presente
Aroma limpo, evoluído ( não muito, pois tem presente aromas primários), intenso
Aromas frutados, frutos vermelhos compotados, mirtilhos, cassis, ginja a efigo a aparecer, notas especiadas, algum álcool , com madeira a enriquecer.

Sabor seco, acidez suave, álcool, taninos presentes, mas elegantes, especiado, com notas de couro suave, encorpado e final apetecível.
Está no meu entender mais evoluído no sabor do que no nariz.
No entanto pode guardar.

Iguarias: Perna de Javali assada no forno com arroz de fumeiro, bife Wellington com batata assada no forno, Feijoada de lebre

Copo: Riedel Touriga ou Schot Diva Bordéus

Grande Vinho 

1860 Vinho da Madeira Artur de Barros e Sousa "Boal", MADEIRA


1860 Madeira Boal Artur de Barros e Sousa


                                            Foto retirada do site da Garrafeira Nacional

Aspecto límpido, cor âmbar, lágrima presente
Aroma limpo, muito evoluído, intenso
Aromas de evolução, frutos secos, toque de mel, amêndoa torrada, nozes, torrefacção evidente, sendo o aroma envolvido por notas iodadas. Especiado presente a fazer lembrar caril. Apaixonante!
Sabor doce, acidez presente, taninos suaves, especiado e iodado, torrefacção evidente e ligeiro salgado, encorpado e final guloso!

Iguarias: Seja egoísta com este!!Bebe sozinho junto da lareira e a disfrutar do momento
Mas como beber vinho deve ser algo social,  escolha os amigos para partilhar historia e um grande néctar.
Escolha queijos de pasta dura, tartin de pêra com caramelo

Obrigado Paulo Bento pela partilha! ( mais uma vez)



Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Diva

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

2009, FABRE MONTMAYOR "MALBEC&TOURIGA NACIONAL", ARGENTINA

Aspecto limpido, cor granada, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas primários das castas, frutado frutos vermelhos, amoras, cerejas, notas florais, suaves, especiarias, pimenta preta, cacau, com madeira a enriquecer o conjunto.
Sabor seco, acidez, alcool, taninos presentes, intensos e sumarentos, frutado e especiado, encorpado e final longo.

copo: riedel Syrah ou Schott Diva Syrah

Iguarias: Carnes Argentinas grelhadas com molho Chimi-churri, batata frita; Feijoada à Transmontana; Perna de Javali assada no forno com arroz de enchidos

Grande Vinho Rui Reguinga!