terça-feira, 12 de agosto de 2014

2012, POeJO D´ALGURES, VINHO BRANCO ALENTEJO

As castas deste vinho são Roupeiro, Arinto, Antão Vaz e Encruzado
Elaborado por Susana Esteban
Seleccionado por Pedro Garcia e João Quintela ( agradeço a amabilidade do João, que me deu a oportunidade para provar)

Aspecto limpido, cor amarela suave, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, frutado, frutos de árvore, ameixa amarela, notas de maçãs madurasm suave floral. Toque mineral a oferecer ao aroma uma frescura bem conseguida.
Sabor seco, acidez presente, alcool, frutado e mineral, sedoso com final persistente

Copos: Riedel Borgonha ou schott Diva

Iguarias: Veja cozida ao vapor com milhos fritos e amêijoas À Bulhão Pato; Bife atum grelhado com batata cozida e esparregado; Garoupa assada no forno com legumes da época e puré de feijoca

 

Sem comentários: