terça-feira, 7 de janeiro de 2014

2009, ALVARO DE CASTRO DOC, DÃO

Aspecto limpido, cor vermelha, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intensidade média
Aromas primários, frutado, frutos vermelhos, ameixa, amora, notas florais a evidenciar-se, violetas, suaves nuances a fazer lembrar bosque e pinhal.
Sabor seco, acidez suave, alcool suave, taninos presentes, provocando alguma secura, mas correctos, frutado, corpo médio e final longo.

Iguarias: Bife grelhado com batata doce frita e cogumelos salteados, perdiz assada no forno com legumes da época, entrecosto assado no forno com batata à padeiro e grelos cozidos.

Copo: Riedel Cabernet ou Schott Diva Bordeús

Um dos bons vinhos do Dão com óptimo preço/qualidade

Sem comentários: