terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

2011, Adega De borba Rotulo de Cortiça, Alentejo

Passado 30 anos, surge de novo este vinho branco com Rotulo de cortiça;
Alvarinho, Verdelho e Arinto

Aspecto limpido, cor amarela esverdeada, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intensidade média
Aromas primários, frutado, frutos maduros, de árvore, pessêgo, damasco, notas florais suaves, boa madeira, a envolver e toque ligeiro abaunilhado.

Sabor seco, acidez presente, alcool suave, frutado e ligeiro floral, madeira presente a enriquecer, corpo mediano, final persistente e apetecível.

Copo: Riedel Chardonnay ou Schott Borgonha

Iguarias: Bacalhau no forno com batatas a murro e espinafres, bacalhau à lagareiro, Polvo à lagareiro, carnes vermelhas grelhadas com puré de batata;

Bom vinho!!!
Excelente vinho alentejano que mostra que sabemos faer bons BRANCOS


quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

2010, Planeta La Segreta, Sicilia IGT , Itália

aspecto limpido, cor amarela, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intenso
aromas primários a notar-se, frutos de arvore, pessêgo, tangerina, notas suave tropicais, notas florais bem evidentes com toque mineral a aparecer, para refrescar. Um aroma sui generis, equilibrado
Sabor seco, acidez presente, alcool, bom flavour, floral, bom corpo, envolvente e final persistente

Iguarias: bacalhau á Conde da Guarda, Peixe assado no forno, lombo de porco recheado com farinheira e batata a murro.

Copo: Riedel Chardonnay ou Schott Diva Borgonha

Bom vinho da Sicilia.
Obrigado Rui Gomes, pela oportunidade de ter este vinho.

2010, OPHIO, Douro

Aspecto limpido, cor granada, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intenso
Aroams primários, frutos vermelhos, compotados, cassis, ameixas, mirtilhos e framboesas; notas especiadas ligeiras, floral evidente, violetas, tudo bem equilibrado . ( fica mais exuberante quando é oxigenado, passar para um decanter)

sabor seco, acidez suave, alcool presente, taninos presentes, sumarentos, mas não muito agreassivos, bom flavour, corpo médio e final persistente

Iguarias: Carnes vermelhas grelhadas, com puré de batata doce, risotto de carnes mirandesas, empada de perdiz

Copo: Riedel Cabernet ou Schott Diva Borgonha

Bom vinho a precisar de tempo....

Pode causar euforia...

2008, Quinta das Carrafouchas, Lisboa

Aspecto limpido, cor granada, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intensidade média.
Aromas primários, frutos vermelhos presentes, cassis, ameixas, mirtilhos, notas especiadas ligeiras, madeira bem integrada

Sabor seco, acidez suave, alcool médio, taninos presentes, mas elegantes, corpo médio, bom flavour e final persistente

Copo: riedel Sirah ou Schott Diva Bordeús

Iguarias: Naco da vazia com Gratã de Batata e cogumelos, Bife Pimenta, Bife Wellington com batata doce frita e legumes salteados

Bom vinho este da Região de Lisboa
Experimentem, talvez a vinha mais próxima de Lisboa, Santo Antão do Tojal, Loures

Pode degustar na 1300 Taberrna