sábado, 1 de junho de 2013

2012, 100 Hectares "Touriga Nacional", Douro Superior

Aspecto limpido, cor violeta, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intensidade
Aromas primários, frutos vermelhos compotados, cassis, ameixas, amoras, notas florais da casta, bem evidentes, violetas e notas suaves de especiarias.
Aroma de um vinho jovem, cheio de intensidade, irreverência

Sabor seco, acidez suave, alcool médio, taninos elegantes, suaves, frutado e floral, corpo médio e final apetecível.

Iguarias: cachaço de vitela com puré de batata; jardineira; bife de vaca grelhado com batata doce frita, entrecosto assado no forno com arroz de enchidos, lombinho de porco recheado com alheira com arroz de cogumelos

Copo: Riedel Syrah ou Schott Bordeús

Bom vinho do Douro, jovem, mas cheio de intensidade para mostrar e agradar.

Pode ser preciso oxigenar um pouco. Melhora com a oxigenação ( passe para um decanter)

Temperatura de serviço: 16/18ºC

Excelente  Preço/qualidade

Sem comentários: