Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2013

2003, VINHA FORMAL LUIS PATO, BAIRRADA vinho branco

aspecto limpido, cor amarela a notar alguma evolução característica
aroma limpo, evoluido, com intensidade
aromas de evolução, notas meladas, suaves aromas a terra, frutos secos presentes

Sabor seco, acidez suave, alcool, frutado, com notas de mel, encorpado e final apetecível.



Copos: Riedel Chardonnay ou Schott Borgonha

Iguarias: Peixe assado no forno à portuguesa, entrecosto assado no forno com ervas aromáticas e arroz cremoso de frutos secos e cogumelos, bacalhau assado no forno com legumes da época salteados.


Não tenha pressa de beber estes vinhos. Melhoram com o tempo....

CURSO NIVEL II " À MESA COM BACO"- NO RESTAURANTE 1300 TABERNA COM NUNO BARROS E RODOLFO TRISTÃO

2011, FONSECA VINTAGE, VINHO DO PORTO

FONSECA VINTAGE 2011 aspecto opaco, cor retinta, lágrima presente Aroma limpo, jovem, intenso Aromas primários, jovens, frutado, fruta compotada, cassis, amoras, ameixas, notas suaves de ginja, especiado  ligeiro Sabor doce, acidez, alcool presente, a notar-se calor, característica de um ano muito quente, taninos presentes, temperamental, encorpado e final intenso.
Iguarias: Queijos de pasta dura, blues cheese, Bolo de chocolate com frutos vermelhos, cheese cake com queijo da ilha ralado e frutos vermelhos.
Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Sensus

2011, TAYLOR´S VINTAGE, VINHO DO PORTO

TAYLOR´S VINTAGE 2011 aspecto opaco, retinto, violeta, lágrima presente aroma limpo, jovem, grande intensidade aromas primários, frutado, frutos vermelhos compotados, cassis, mirtilhos, amoras, com notas especiadas e florais evidentes. Bom equilibrio aromático. Sabor doce, acidez presente, alcool presente, frutado e floral, com notas de cacau a evidenciar-se, taninos irreverentes, intensos, encorpado e final longo e apetecível.
Iguarias: Queijos de pasta dura, bastante maturados; Pão de ló com queijo da Serra e frutos vermelhos confitados.
Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Sensus

2011, CROFT VINTAGE, VINHO DO PORTO

CROFT VINTAGE 2011 aspecto opaco, cor intensa, retinta, lágrima presente aroma limpo, jovem, intenso aromas primários, frutos vermelhos, compotados, ameixas, cassis, framboesas. notas especiadas, com notória presença de alcool sabor doce, acidez suave, alcool presente, frutado e especiado, notas de cacau, taninos irreverentes, encorpado e final persistente.
Iguarias: Petit Gateau, bolo chocolate 70% cacau, queijos de intensidade forte, blue cheese
Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Sensus

VINHOS SUGESTÃO 1300 TABERNA JUNHO COM PARCERIA MR.WINE

SUGESTÃO DE VINHOS DO MÊSEste Mês a escolha recaiu em diversas regiões. Umas mais conhecidas e muito amadas e outras com menos fans. Tentamos que a escolha seja adequada ás iguarias dos Chef. Brancos frescos, com boa acidez; Tintos frutados, com corpo.Espero que seja uma óptima experiência para si. Boa degustação!!!A COPOGARRAFAVINHOS BRANCOS ( White Wines)by the Glass2012COVELA "Avesso", VINHOS VERDES3,50 €15,00 €Aromas citrinos, refrescantes com sabor apelativo. Boa acidez, frutado suave e final entusiasmente. Ideal para começar a refeição. Experimente em dias quentes. Prefere como companhia os peixes!!!Citrus aromas, good flavour, dry on the palate and nice acidity. Easy to Drink. Good for fish…2012POMARES "Moscatel Galego" by QUINTA NOVA, DOURO3,75 €16,00 €Rico de aromas, envolventes, frutados e florais. Sabor seco, boa acidez, frutado, corpo mediano e final guloso.Ideal para refeições entre amigo((a)s. Escolha acertada para almoços …

2008, Clos D´Opleeuw "Chardonnay", Vinho Belga

Aspecto limpido, cor amarela, lágrima presente
Aroma limpo, ainda jovem, intensidade mediana
Aroma a frutos, frutos maduros, de árvore, notas suaves de frutos secos, bolacha de manteiga, brioche, notas de levedura suave a enriquecer o conjunto.

Sabor seco, acidez suave, alcool, frutado, mel e frutos secos, brioche, corpo médio e final persistente.

Bom vinho da Belgica. Obrigado William Wouters pela partilha.

Copo: Riedel Chardonnay ou Schott borgonha

Iguarias: Bacalhau no forno com grelos sateados e batata a murro; Peixe assado no forno


1957, Armazém de Almeirim - Vinho Abafado com Aguardente-

aspecto limpido, cor âmbar, lágrima presente
Aroma limpo, evoluido e intenso
Aromas terciários, de evolução bem evidentes, caramelo, toffee, algumas especiarias, tintura de iodo, mel
Sabor doce, acidez suave, alcool presente, taninos presentes, encorpado e final persistente e guloso.

Boa surpresa vinda de Almeirim.
A Zona do Tejo, sempre teve alguma tradição em Vinhos Abafados. Está demosntrado que a região tem potencial e riqueza ao nível destes vinhos.

Iguarias: sozinho ou com queijos de pasta dura, leite mistura ou cabra. Experimente com o queijo da Ilha , maturação de 9 meses, leite de vaca.

Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Sensus

Obrigado, mais uma vez, Paulo Bento pela partilha.

1961, Vinho Aperitivo - Adega Cooperativa do Pico

aspecto limpido, cor dourada, lágrima presente
aroma limpo, evoluído, intenso
Aromas terciários, frutos secos, mel ,caramelo, notas de ameixa seca

Sabor seco, acidez suave, alcool, algum oxidado, frutado, frutos secos, ameixa, ginja, corpo médio e final persistente.

Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Sensus

Iguarias: queijos de pasta dura, Queijo da Ilha de cura de 9 meses

Uma boa surpresa!!!
Obrigado Paulo Bento pela partilha


2011, Cancela de Porco "Verdelho", Pico- Açores

Aspecto limpido, cor amarela esverdeada, lágrima suave.
Aroma limpo, jovem, intensidade mediana
Aromas primários, notas de frutos citrinos, lima, maçã verde, toque mineral a evidenciar-se, com suaves notas de frutos de árvore, pessêgo e damasco. (Sente-se a mineralidade que é caracteristica de vinhos perto do mar)

Sabor seco, acidez presente, alcool suave,  bom flavour, citrino e toque ligeiro salgado, corpo médio ( PAI 4/5caudalies) e final refrescante

Iguarias: Bife de Atum grelhado com batata doce assad no forno, peixe grelhado com legumes cozidos, peito de frango recheado com ervas aromáticas, com arroz primavera.

Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Bordeús

Bom vinho da Ilha do Pico. Vale a pena experimentar!!!

2012, 100 Hectares "Touriga Nacional", Douro Superior

Aspecto limpido, cor violeta, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intensidade
Aromas primários, frutos vermelhos compotados, cassis, ameixas, amoras, notas florais da casta, bem evidentes, violetas e notas suaves de especiarias.
Aroma de um vinho jovem, cheio de intensidade, irreverência

Sabor seco, acidez suave, alcool médio, taninos elegantes, suaves, frutado e floral, corpo médio e final apetecível.

Iguarias: cachaço de vitela com puré de batata; jardineira; bife de vaca grelhado com batata doce frita, entrecosto assado no forno com arroz de enchidos, lombinho de porco recheado com alheira com arroz de cogumelos

Copo: Riedel Syrah ou Schott Bordeús

Bom vinho do Douro, jovem, mas cheio de intensidade para mostrar e agradar.

Pode ser preciso oxigenar um pouco. Melhora com a oxigenação ( passe para um decanter)

Temperatura de serviço: 16/18ºC

Excelente  Preço/qualidade

2011, Plansel Selecta by Dorina Lindemann, Alentejo

Vinho tinto
Aspecto limpido, cor granada, lágrima presente
aroma impo, jovem, intensidade média
Aromas a frutos vermelhos, groselha, ameixa, notas suaves de especiarias,

Sabor seco, acidez suave, alcool médio, taninos presentes, mas elegantes, corpo médio, PAI 6/7, final persistente.

Iguarias: Lombo de porco assado no forno com batata à padeiro, Bitoque com batata frita e legumes cozidos,

Copo: Riedel Cabernet ou Schott Bordeús

Bom vinho e boa relação preço/qualidade