quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

2010, OPHIO, Douro

Aspecto limpido, cor granada, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intenso
Aroams primários, frutos vermelhos, compotados, cassis, ameixas, mirtilhos e framboesas; notas especiadas ligeiras, floral evidente, violetas, tudo bem equilibrado . ( fica mais exuberante quando é oxigenado, passar para um decanter)

sabor seco, acidez suave, alcool presente, taninos presentes, sumarentos, mas não muito agreassivos, bom flavour, corpo médio e final persistente

Iguarias: Carnes vermelhas grelhadas, com puré de batata doce, risotto de carnes mirandesas, empada de perdiz

Copo: Riedel Cabernet ou Schott Diva Borgonha

Bom vinho a precisar de tempo....

Pode causar euforia...

Sem comentários: