terça-feira, 24 de abril de 2012

2011, Quinta do Gradil "Viosinho", Lisboa

Aspecto limpido, cor amarela pálida, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intensidade média
Aromas frutados, frutos de árvore, pessêgo, damasco, notas minerais suaves, fresco

Sabor seco, acidez presente, alcool, frutado, bom flavour, bom corpo e final persistente

Ainda está jovem, precisa de tempo. De puder oxigene para um decanter.

Iguarias: Peixe assado no forno; bife de atum com batata a murro; Carnes brancas grelhadas;

Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Diva

Sem comentários: