domingo, 11 de março de 2012

Vinho do Porto 1968 Colheita Andresen

Aspecto limpido, cor topázio, lágrima presente
Aroma limpo, evoluido, intenso
Aromas de evolução, frutos secos, figo seco, ameixa confitada, notas de caramelo, mel, açucar mscavado, nuances de torrefacção

Sabor doce, acidez ainda presente, alcool, bom flavour, notas de caramelo e mel, encorpado e final guloso e persistente.
Iguarias: queijos de pasta dura, cura prolongada, leite de ovelha ou cabra; Crumble de maçã ( do BG BAR, porque não?)

Copo: Sensus Schott ou Riedel Sauvignon

Mais uma das maravilhas de Portugal!!!

Sem comentários: