sábado, 31 de dezembro de 2011

Bom Ano 2012

Caros enófilos e enófilas,

Desejo um excelente 2012 cheio de saúde e boa disposição.
Que o próximo ano seja o ano em que possam usufruir da vossa garrafeira. Degustem os vossos vinhos que será um ano cheio de boas ocasiões.

BOM ANO 2012!!!!

Fémina, Portal Vinho Branco Doce 2010, Quinta do Portal, Douro

Aspecto limpido, cor suave, transparente, lágrima suave

Aroma limpo, jovem, intensidade suave
Aroma a frutos de árvore, maduros, pessêgo, maçã madura, pêra madura, notas florais a enriquecer.

Sabor doce, acidez presente, alcool muito suave, frutado, frutos maduros, bom corpo e final guloso.

Iguarias: leite de creme, queijos de pasta mole, leite de ovelha ou vaca, pudim de ovos

Copos: Riedel Sauvignon ou Schott Sensus

Boa escolha para a passagem de ano...
Bom vinho para se beber em dias mais frios...

Blandys Vinho Da Madeira 1994 "Malvasia"

Aspecto limpido, cor ambâr, lágrima presente.

Aroma limpo, evoluído, intenso

Aroma a frutos secos, ameixa seca, figo, amendoa e noz, notas de mel e caramelo, aliados a nuances de tosta queimada, notas de fumeiro, medicinal; toque mineral evidente.

Sabor doce, acidez presente, alcool, taninos presentes, frutado, saboroso, encorpado, volumoso e final apetecível.

Iguarias: Pudim Abade Priscos, Tarte de Amêndoa, crumble de maçã, queijos de pasta dura ou simplesmente com uma boa companhia junto de uma lareira.

Copo: Schott Sensus ou Riedel Sauvignon

Bom vinho para apreciar...

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

2008, Crios "Bonarda&Syrah", Argentina

Aspecto limpido, cor granada, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intensidade suave
Aromas frutados, frutos vermelhos, não muito maduros, morango, ameixa, groselha, toque floral suave, nuances ligeiras a lembrar vegetal. Madeira integrada, com toque especiado.

Sabor seco, acidez, alcool, frutado, taninos irreverentes, bem intensos, bom corpo, com final longo.
Precisa de respirar um pouco. Deve ser oxigenado para um decanter.

Copo: Riedel Syrah ou Schott Bordeús

Iguarias: Carnes vermelhas com legumes variados, pimento, tomate, cenoura, alho francês assados no forno,
Carnes de caça estufados, feijoada de lebre.

Bom vinho argentino.


terça-feira, 27 de dezembro de 2011

2008, Quinta de S.Sebastião, Lisboa Vinho tinto

Aspecto limpido, cor granada, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intensidade média
Aroma a frutos vermelhos compotados, ameixa, cassis, morango muito compotado, algum especiado, madeira presente, beneficiando o conjunto.

Sabor seco, acidez suave, alcool, taninos presentes, elegantes, corpo mediano ( PAI 7/8), volumoso e final persistente.

Iguarias: perú assado no forno com batata a murro e grelos salteados; hamburguer grelhado com molho de mostarda e batata doce frita;
Copo: Riedel Syrah ou Schott Borgonha

Bom vinho da Região de Lisboa..
Pequeno produtor que merece atenção. Experimente!!!

2008, PAXÁ Special XII, Quinta do Outeiro- Vinho tinto-Região Algarve-

Aspecto ligeiramente opaco, cor intensa, granada, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intensidade média
Aroma frutado, frutos pretos, compotados, mirtilhos, amoras, cassis, toque especiado a evidenciar-se, notas de pimenta, madeira presente, a enriquecer, mas ainda um pouco por cima dos aromas das castas.

Sabor seco, acidez, alcool, taninos presentes, mas sumarentos ( a madeira no sabor não está tão presente), bom corpo, volumoso, intenso, com final longo e apetecível

Iguarias: Carnes vermelhas grelhadas com molho ligeiramente picante com puré de batata doce; migas de grelos com entrecosto assado no forno; Perna de Javali com legumes salteados e castanhas; Wellington com arroz de cogumelos

Copo: Riedel Cabernet ou Schott Diva Cabernet

Bom vinho, de uma região a renascer aos poucos; Precisa de oxigenar um pouco antes de servir;

A experimentar...não percam!!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Quinta do Cidrô " Sauvignon Blanc" 2011, Vinho Duriense

Aspecto limpido, cor amarela pálida, lágrima suave
Aroma limpo, jovem, intenso e fresco
Aromas a frutos citrinos, maçã verde, toque vegetal, a fazer lembrar a citronella, nuances frescas de espargos verde

Sabor seco, acidez presente, alcool suave, frutado, bom equilibrio, bom corpo, final longo e refrescante

Iguarias: Ostras ao natural, peixe grelhado com legumes cozidos, bacalhau à Zè do Pipo, carnes brancas grelhadas, posta de cherne salteada com arroz de grelos

Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Bordeús

Bom vinho, com carácter e intensidade da casta.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Morgado de Santa Catherina Vinho Branco 2009

Aspecto limpido, cor amarela, lágrima suave
Aroma Limpo, jovem, intenso
Aromas frutados, frutos de árvore, damasco, notas minerais ligeiras, tosta a notar-se, com nuances ligeiras a baunilha.

Sabor seco, acidez, alcool, frutado, madeira, presente, bom corpo e final longo.

Iguarias: Bacalhau no forno com grelos salteados em azeite e broa, Alheira frita em azeite com gratã de batata, empadão de carne com legumes

Copo: Schott Brodeús ou Riedel Riesling

Quatro Caminhos 2009 Vinho tinto Alentejano

aspecto limpido, cor violeta, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas frutados, frutos vermelhos, compotados, com notas especiadas, madeira bem integrada

Sabor seco, acidez suave, alcool presente, taninos presentes, não muito irreverentes, corpo médio e final agradável.

Precisa de ser oxigenado ou servido num copo grande.

Iguarias: Lombinhos de porco assados no forno com batata à padeiro, migas com entrecosto

Copo: Riedel Cabernet ou Schott Diva Borgonha
´
Bom vinho!!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Júlio Bastos "Alicante Bouschet" Vinho Tinto 2004

Aspecto limpido, cor granada, lágrima presente
Aroma limpo, evoluído, intenso


Aromas frutados, frutos vermelhos compotados, especiado, figos maduros


Sabor seco, acidez , alcool, taninos intensos, bom flavour, encorpado, e final longo


Iguarias: Bife wellington com puré de batata doce, guisado de lebre, carnes vermelhas com gratã de batata e legumes


Copo: Riedel Syrah ou Schott Diva Bordeús


Grande vinho.
Pode beber mas não se perde nada se guardar...

Dönnhoff "Riesling" 1999, Alemanha Vinho Branco Spatlese

Aspecto límpido, cor amarela, lágrima presente


Aroma limpo, evoluído, com intensidade


Aromas melados, mel, caramelo, notas de petróleo, adocicado


Sabor doce, acidez presente, álcool, intenso, flavour, corpo mediano, volumoso, final apetecível


Iguarias: Queijos de pasta mole, leite de cabra, queijos de pasta dura, leite de ovelha; 


Copo: riedel Riesling ou Schott 


Thanks M. Longuere for the gift!!

Quinta do Outeiro, Vinho Branco 2010, Algarve

Aspecto limpido, cor amarela pálida, lágrima suave.
Aroma limpo, jovem, intensidade suave
Aromas a frutos citrinos, ananás verde, maçã, toranja, com toque floral suave


Sabor seco, acidez presente, alcool suave, flavour suave, corpo magro ( PAI 4/5), intensidade mediana e final refrescante.


Iguarias: Peixe grelhado com legumes cozidos, salada de frango com frutos tropicais, carnes brancas com arroz primavera


Copo: Riedel Sauvignon ou Schott 


Bom vinho, mais para tempos quentes, mas agradável no Inverno para se iniciar a refeição!!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

VINHOS GENEROSOS - COMBINAR COM SOBREMESAS E CAFÉS FINALIZANDO UM MOMENTO ÚNICO-

Vinhos Generosos:
Ideias para rentabilizar os vinhos generosos no nosso restaurante.
Os vinhos Generosos, Vinho do Porto, Madeira, Moscatel de Setúbal e Carcavelos, fazem parte do nosso património. Temos que os ter, mas muitas vezes não os rentabilizamos da melhor maneira.
Vamos deixar algumas ideias para que possam colocar em pratica, na procura de um melhor aproveitamento, bem como, de uma melhor oferta ao cliente.

Os vinhos generosos são excelentes para finalizar a refeição. Como tal, podemos utilizá-los como vinho de sobremesa ou digestivo.

Combinar vinhos generosos e sobremesas
Desde sempre que os vinhos generosos, tomam um papel importante na nossa restauração. Por vezes aos clientes habituais, podemos oferecer um copo de vinho do Porto ou outro qualquer como forma de agradecimento por ser nosso cliente ou por que já existe uma amizade. Por outro podemos oferecer a clientes, que visitam o restaurante pela primeira vez, como forma de agradecer a sua vinda.
Penso que seja uma óptima ideia para presentear os nossos convivas. Além disso os vinhos generosos não chegam aos clientes. Claro que existem excepções, mas não são comuns.
Por isso a sugestão de vinhos generosos com sobremesas poderá ser aliciante, tanto para o restaurante como para o cliente.
Faça uma selecção dos vinhos que tem, vinho do Porto tawny, os data de colheita, os datados ( 10,20 ou 30 anos), ou os rubies, LBV ou Reservas Ruby. Procure os Madeira, Moscatel de Setúbal e Carcavelos.
Para todos eles a temperatura tem um papel fundamental para a riqueza da combinação. Deve servir os vinhos a uma temperatura de 10/12º. Sente-se menos álcool e a doçura é camuflada pela temperatura baixa.

Para sobremesas à base de:
chocolate, cacau, os Vinhos do Porto LBV e Ruby são boas opções para a harmonização.
Ovos, Pão de Ló, pudim de ovos, Vinhos da Madeira 5 anos com aromas mais intensos, frutos secos, caramelo podem ser agradáveis, visto que contêm também alguma acidez devido ao Terroir. O Vinho de Carcavelos também pode ser uma surpresa nas combinações.

Doçaria Convental ou doçaria regional, não são fáceis as escolhas, devido à quantidade de açúcar, mas poderá escolhe um vinho do Porto com indicação de idade, 10anos, com aromas a frutos secos, caramelo, mas que ainda têm alguma juventude. O Vinho da Madeira pode ser uma escolha correcta, também , devido à sua frescura característica.

Cheesecakes, gelados, a opção pode recair para Moscatéis ou Vinho do Porto Ruby, jovens.

Cheesecakes de frutos vermelhos, a escola recai para o Vinho do Porto Ruby, pois as intensidades aromáticas e gustativas são semelhantes; para cheesecakes de manga, frutos secos, podemos aconselhar o Moscatel de Setúbal.

Gelados e frutas, o Moscatel de Setúbal, devido à sua exuberância aromática e gustativa é uma escolha acertada para combinar com este tipo de sobremesas. ferece um sensação exótica ao conjunto.

Queijos, nesta altura do ano, podem ser agradáveis, tendo como parceiro os vinhos generosos. Queijo de pasta mole, Vinhos do Porto jovens, Rubies, ou Vinho da Madeira. Queijo de pasta dura, Os Vinho do Porto tawnies e Carcavelos podem ser opções válidas.

Combinar vinhos generosos com cafés
Os cafés, por serem tomados no fim da refeição, podem incluir uma sugestão de vinhos generosos.
Em vez de colocar açúcar no café, procure o doce da bebida.
Cafés mais intensos, com maior percentagem de robusta, são escolhas acertadas para vinhos generosos com estrutura, mais novos, por exemplo vinho do Porto Ruby Reserve. Estes vinhos ostentam taninos, que dão estrutura e rivalizam ( no bom sentido) com a estrutura do café.
Cafés intensos, mas elegantes, de sabor envolvente, escolha vinhos do Porto tawnies, com uma maior intensidade de sabores, mel, caramelo, passas.
Cafés suaves, elegantes, são uma óptima companhia para aguardentes vínicas portuguesas. A exuberância de aromas a caramelo aliadas ao álcool fornecem ao conjunto uma sensação rica e volumosa.

CHANSON PERE&FILS MERCUREY 2008-CÔTE CHALONNAISE

Aspecto limpido, cor suave, rubi, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intensidade méda
aroma a frutos pretos, ameixas pretas, mirtilhos, ginja, toque de terra húmida, a fazer lembrar cogumelos, madeira, tosta suave.

Sabor seco, acidez, alcool, taninos presentes, com estrutura, intensos, toque vegetal ligeiro, herbaceo, bom flavour, bom corpo com final longo

Iguarias: Risotto de Cogumelos, Empada de carne com bolettus salteados; magret de pato com puré de batata doce

Copo: Riedel Pinot Noir, Schott Borgonha

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

VEIGA FRANÇA 1934, VINHO DA MADEIRA "MALVASIA

Antes de mais, quero agradecer ao meu amigo Paulo Bento ( não é o seleccionador, não!) pela oportunidade de degustar este vinho. ( neste caso bebi!)
Aspecto algo turvo, lágrima presente, cor castanho alaranjado
Aroma limpo, muito evoluído, intenso
Aromas a frutos secos, figo, ameixa confitados, toque medicinal a fazer lembrar tinta de iodo, mas agradável, caramelo e mel (velho).
Sabor doce, acidez ainda presente, alcool, taninos suaves, frutado, encorpado, melado,intenso, sedoso ( toque de seda), finla envolvente e guloso.
Iguarias: Queijos de pasta dura, leite de ovelha
Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Sensus
Grande Vinho!!!!
Mais uma vez obrigado pela partilha, Paulo.

Blandys 10 anos, Vinho da Madeira

aspecto limpido, cor topázio, lágrima persistente
Aroma limpo, evoluído, com intensidade
Aromas a frutos secos, amêndoas, nozes, mel, caramelo, alguma frescura no aroma
Sabor doce, acidez presente, com frescura, alcool, taninos suaves, frutado com elegância melado, bom corpo com final apetecível.
Iguarias: Queijos de pasta dura, Crumble de maçã com frutos secos ( Restaurante BG BAR)
Copo: Schott Sensus ou Riedel Sauvignon
Bom Vinho da Madeira

Dona Maria "Petit Verdot" 2008, Alentejo - Vinho Tinto-

aspecto limpído, cor vermelha, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas frutados, frutos vermelhos, cassis, amoras, madeira presente, ainda por cima do aroma do vinho, toque especiado
Sabor seco, acidez, alcool, taninos presentes, irreverentes ( jovens, com a madeira a marcar um pouco, além dos taninos da casta), sumarentos, bom corpo e final persistente.

Copo: Riedel Syrah ou Schott Diva Borgonha ( precisar de ser oxigenado)
Iguarias: Carnes vermelhas com castanhas assadas no forno e arroz de cogumelos, guisado de lebre, estufado de vaca com ervilhas e chouriço
Bom vinho a precisar de tempo...

Dona Maria "viognier", Vinho branco 2010, Alentejo

aspecto limpído, cor amarela esverdeada, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intensidade média;
Aromas frutados, frutos de árvore, notas de pessêgo, damasco, nuances de fruta tropical;
Sabor seco, acidez presente, alcool, frutado, bom flavour, elegante, bom corpo e final agradável.

Iguarias: Peixe grelhado com batata e cenoura cozida; cherne sauté com puré de cenoura e batata a murro
Copo: Riedel Sauvignon ou Schott Bordeús

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

JANTAR DE CERVEJAS - 12 DE DEZEMBRO, 2ªFEIRA 20.30






Caros Enófilos,
Não é um jantar de vinhos, mas de Cervejas.

Foram escolhidas algumas cervejas, para combinarem com alguns pratos da casa, tendo por base a Carne Mertolenga.



Vejam o link e reservem o vosso lugar

25euros por pessoa.
Um jantar diferente para amantes da Cerveja ( e muitos são também de vinhos)



segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Monte Cascas Reserva 2009, Douro - NOVA COLHEITA-

Aspecto limpido, cor violeta, lágrima presente
Aroma limpo, jovem, intenso
Aromas frutados, frutos vermelhos, cassis, amoras, toque especiado, madeira bem integrada.

Sabor seco, acidez, alcool suae, frutado, taninos correctos, intensos mas não agressivos, bom corpo (PAI7/8), intenso e final longo e persistente

Iguarias: carne vermelha grelhada com molho de mostarda com arroz de pleurotes, arroz de pato à moda de Braga

Copo: Riedel Syrah ou Schott Diva

Este vinho ainda está um pouco jovem, necessitando por isso, de oxigenação.

Bom vinho abaixo dos 10 euros...

sábado, 3 de dezembro de 2011

Alteia Vinho Branco Douro 2010


Aspecto límpido, cor amarela esverdeada, lágrima suave

Aroma limpo, jovem, intensidade média

Aromas a frutos de árvore, pessêgo, notas de frutos tropicaism maracujá, ananás maduro, com boa envolvência

Sabor seco, acidez presente, álcool, frutado, notas de ananás, bom corpo ( PAI 4/5), final refrescante e agradável

Iguarias: Pratos leves, marisco, peixe grelhado, queijos de pasta mole de leite de vaca

Abaixo dos 4euros, Mercearia Criativa

FP by Filipa Pato “Baga&Touriga Nacional” 2009, Regional Beiras


Vinhos autênticos SEM Maquilhagem By Filipa Pato

Aspecto límpido, cor granada, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intenso

Aromas a couro, fumeiro, toque especiado, floral, nuances de violeta, frutos do bosque suaves

Sabor seco, acidez presente, álcool, taninos extremamente irreverentes, especiado, encorpado, intenso e final musculado e grandioso.

Vinho ainda novo, com carácter, personalidade vincada ao que eu chamo vinho com mau feitio.

Deverá ser guardado, mas se quiser degustar agora deve acompanhar com pratos condimentados: Guisado de javali, ensopado de borrego, magret de pato com risotto de cogumelos, perdiz à moda de Alcantara com puré de maçã e panóplia de legumes e frutos, castanhas, batatas, cenouras, amoras e uvas assadas.

Grande vinho a precisar de Enofilos que gostem de estrutura…

Adega de Pegões “Syrah”, P.Setúbal, 2009


Aspecto opaco, lágrima presente, cor violeta

Aroma limpo, jovem, intenso

Aromas a frutos compotados, frutos muito maduros, cassis, mirtilhos, amora, toque de chocolate, especiado, pimenta preta.

Sabor seco, acidez presente, álcool, taninos presentes mas sumarentos, frutado, bom corpo ( PAI 7/8), Intenso e final envolvente.

Iguarias: Carnes assadas no forno com arroz de cogumelos, perna de javali com puré de batata

Lagoalva de Cima Syrah&T.Nacional 2009, Tejo


Aspecto límpido, cor vermelha, granada, lágrima presente

Aroma limpo, jovem, intensidade média

Aromas a frutos vermelhos, ompotados, amoras, cassis, toque floral, a violetas, a notar-se aquando da oxigenação ( agitar o copo); madeira presente a enriquecer

Sabor seco, acidez, álcool, taninos presentes, frutado e especiado, bom corpo ( PAI 7/8), intenso e final persistente e envolvente

Iguarias: Entrecosto assado no forno com migas de grelos, naco de carne grelhada com puré de batata doce.

PRENDA VÍNICA LIVRO " À DESCOBERTA DO VINHO" Manual para não entendidos by Rodolfo Tristão


Caros Amigos,

Uma óptima prenda de Natal para oferecer aos amigos que gostam de vinho.

Um livro que tenta ser de fácil leitura.

Pode comprar na Bertrand, Fnac, BG Bar Monte do Estoril
Abaixo dos 15 euros

"À Descoberta do Vinho"
Aspecto limpido, capa apelativa
Aromas fáceis de ler, envolvente e apelativo
Sabor rico, entusiasta, suave e descomprometido com fianl guloso e educativo.

Bom Natal a Todos!!!