sábado, 26 de novembro de 2011

2010, De La Deu Alvarinho, Vinhos Verdes


Aspecto límpido, cor amarela pálida, lágrima suave,

Aroma limpo, jovem, intensidade suave.

Aroma a frutos citrinos, maçã verde, perã verde, toque floral, ligeira

Sabor seco, acidez presente, álcool suave, corpo magro e final agradável

Iguarias: aperitivo, queijo fresco, peixe grelhado sem molho com legumes cozidos

Copo: Schott Sauvignon e Riedel Sauvignon

Sem comentários: