quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Ermelinda Freitas 2006 "Trincadeira", vinho tinto, P.Setúbal

aspecto limpido, lágrima presente, cor vermelha com nuances acastanhadas;
Aroma limpo, evoluido, intensidade média;
1ºataque, madeira presente, notas tostadas, algum queimado ( proviniente da queima da tosta da madeira), frutos maduros, figo, ameixa, com toque de especiarias, pimenta.
Sabor seco, acidez suave, alcool, taninso presentes ( da madeira), algo irreverentes, isto é, ainda ca provocar uma sensação de adstringência ( boca encortiçada), frutado, figo, com notas especiadas, corpo médio e final longo.
A precisar de garrafa, por mais uns tempos. Se preferir oxigene, passe para um decanter.
Copo: Riedel Syrah ou Schott Bordeús
Iguarias: Carnes vermelhas grelhadas com legumes, massas, bolonhesa;

Sem comentários: