segunda-feira, 9 de maio de 2011

INCOGNITO 2005 , CORTES DE CIMA, ALENTEJO

Aspecto limpido, lágrima persistente, cor vermelha com nuances acastanhadas.
aroma limpo, desenvolvimento evoluído, intensidade média; aromas a frutso vermelhos compotados, ainda fechado no nariz, algumas frutas do bosque, amoras, cassis, toque de especiarias a notar-se, pimenta, com a madeira bem integrada.
sabor seco, acide suave, alcool presente, taninos presentes, mas sumarentos, corpo médio, volumoso, (a necessitar de copo para mostrar o seu potencial), final persistente.
Copo diva Bordeús, Riedel Syrah
Iguarias: wellington, naco de carne vermelha grelhado, guisados de caça.
bom vinho a precisar de tempo ainda...

Sem comentários: