sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Quinta das Brôlhas Reserva 2007, Douro

Em 2007 conheci o produtor, Sr.Macário, muito simpático, gracioso e muito conhecedor.
Foi e é um prazer conhece-lo.

Coloquei este mês, na sugestão da Quinta dos Frades este vinho:

apresenta algum sedimento, lágrima persistente, cor vermelha com nuances violaceas;
Aroma limpo, jovem e intenso.
1º ataque, frutos vermelhos, compota, groselhas, framboesas, com notas florais e especiadas.

Sabor seco, acidez suave, alcool sem se notar muito, taninos presentes ,mas sumarentos, corpo e intensidade e final apelativo.

Iguarias: carnes assadas no forno, pá de porco com arroz de legumes e esparregdo; polvo com molho agridoce e puré de grão; bacalhau assado na brasa com esmagado de cenoura e batata a murro

Bom vinho, com um optimo preço qualidade que sai fora do tradicional da região.
Envelhecimento: +5 a 7 anos

Copo Riedel Cabernet

Sem comentários: