terça-feira, 21 de dezembro de 2010

2005, D. Bohrman, Puligny-Montrachet, Borgonha, França

Aspecto limpido, lágri,a persistente, cor amarela com nuances douradas;
aroma evoluido, intenso, nots aromáticas de frutos de árvore, damasco, pessêgo: notas evoluidas, brioche, bolacha manteiga, baunilha, toque de tosta e madeira bem integrada.

Sabor seco, acidez presente, alcool, frutado e abaunilhado ligeiro, tosta, encorpado, intenso. volumoso, com caracter, acabando com final apeticível e guloso.

Copo riedel chardonnay

Iguarias: Bacalhau da Consoada, Bacalhau à Lagareiro, Pargo assado no forno à Portuguesa, Naco de carne com esparregado e batata doce frita, magret de pato com gratã de legumes e maça assada.

Preço no restaurante Qta dos Frades: 33€

Grande vinho, um chardonnnay de grande qualidade com personalidade.

Sem comentários: