sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

2008, Barranco Longo Oaked Rose

Conheci o produtor deste vinho num jantar na Taberna 2780. Acho que é arrojado, pois tentar fazer vinho no Algarve não é para todos. Não, devido à qualidade do terroir, mas por ser uma região que se encontra adormecida, meio moribunda. MAs acho que o Algarve vinicola acordou, ou começa a acordar com a qualidade dos seus vinhos.
Gostei particularmente de um: O Rosé Oaked.
Provando pela 2ª vez, no Vila Joya ficou as seguintes notas de prova:
Aspecto Límpido, cor vermelha, cor de morango; aroma jovem, fresco, frutos vermelhos a notar-se um pouco a madeira, mas tudo bem integrado; sabor seco, acidulo presente, alcool suave, frutado, frutos vermelhos, framboesas a realçar, corpo médio, intensidade e final apeticível.
Para quem quer conhecer o ALgarve pelo vinho, fica aqui um optimo vinho, bem como, um produtor a visitar.
Adega Algarvia é quem distribui.

Sem comentários: