quinta-feira, 7 de maio de 2009

Vale Meão - Notas de prova -


VALE MEÃO 2000

cor granada, com nuances violeta; AROMA:fruta ainda presente, fruta vermelha compotada;madeira presente no aroma mas a enriquecer;

Sabor seco, acídulo presente, frutado, taninos presentes, encorpado, com estrutura; final longo

-para beber(necesita de um copo grande, para respirara) ou guardar + 3 anos

*********************

VALE MEÃO 2001

Cor granda intensa; aromas a fruta vermelha madura, madeira a notar-se através de uma sensação de secura evidente, mas sem excessos; Sabor seco, acídulo presente, fresco, frutado com toque floral, taninos presentes a dar estrutura; final longo e apeticível

-para guardar

*********************

VALE MEÃO 2002

Cor granada, aroma intenso, frutado, algum especiado(especiarias)

Sabor seco, acídulo presente, algum vegetal presente, taninos agressivos e final longo e persistente;

-para guardar

*********************

VALE MEÃO 2003

Coe granada, aroma intenso, mineral, floral com fruta vermelha suave;

Sabor seco, acídulo presente, floral, taninos presentes mas não muito agressivos, encporpado e final cheio

-para guardar ou beber em copo largo

*********************

VALE MEÃO 2004

Cor granada, aroma intenso, fruta madura, com algum floral; madeira muito suave;

Sabor seco, acídulo, alcoólico, frutado ligeiro com vegetal, taninos agressivos, mas com pouca complexidade e final longo e dificil (necessita de garrafa ou se quiserem bebe-lo já deve oxigena-lo no decanter para que fica mais suave)

*********************

VALE MEÃO 2005

Cor violeta; aromas ricos a flores(violeta), frutos vermelhos , especiados/mineral( mangericão); aroma fantástico;

Sabor: seco, acídulo bem presente, frutado, floral, taninos presentes com intensidade, encorpado e final guloso e elegante

-para beber ( para mim um dos melhores vinhos de 2005: equilibrio entre a intensidade de aromas e sabores com uma harmonia envolvente.

********************

VALE MEÃO 2006

Cor violeta, aroma intenso a flores (violetas), fruta presente e madeira numa intensidade reduzida; sabor seco, acídulo , fruta pouco madura e algum vegetal, taninos agresssivos(boca muito encortiçada), complexo e final dificil

-para guardar

*******************

finalizando a prova , um alomoço num dia de Primavera. Jardim magnifíco, acolhimento fantástico: Almoço: Sável fumado em barricas de vinho do Porto (fantástico, é pena as inúmeras espinhas deste peixe)

Feijoada de Javali, mas que grande iguaria!!! tudo muito intenso, saboroso que só de nos lembrar apetece ir novamente fazer a mesma viagem...

Obrigado à familía Olazabal que nos recebeu...Bem hajam

Sem comentários: